11.11.09

Câmara homenageia 25 anos da Microempa

Entidade beneficia diversas empresas associadas
A Sessão Solene desta terça-feira (10), comemorou os 25 anos da Associação das Empresas de Pequeno Porte da Região Nordeste do Rio Grande do Sul / Microempa.
O Vereador Renato Oliveira pronunciou-se em nome do Poder Legislativo afirmando que a entidade tem servido como precursora de alguns empreendimentos, o que mostra a força do associativismo. Esses vinte e cinco anos tem sido fonte de orgulho para todos os médios e pequenos empreendedores. A Microempa agrega soluções para os empreendimentos do setor. Oferece uma série de benefícios aos associados.
O Presidente da Microempa, Fábio Lembi, agradeceu por estar comemorando os 25 anos da Associação na Câmara de Vereadores. Se conquistamos tudo isso é graças ao trabalho de muitos que investiram o seu talento por uma causa maior.
O Ex-Vereador Dino Périco falou sobre a fundação da Microempa. Naquela época soube de um projeto de lei que beneficiava pequenas e médias empresas. Formei o estatuto e criei a Microempa e o projeto do deputado acabou não sendo aprovado. Então, entreguei tudo para a Câmara de Indústria e Comércio e hoje a Microempa é um orgulho para Caxias e região.
O representante do Executivo, Guilherme Sebben, Secretário do Desenvolvimento Econômico, ressalta as qualidades da Microempa, com palavras como dinamismo, competitividade e fortalecimento em equipe. O Secretário afirma que é preciso legislar em causa da micro e pequena empresa, viabilizando acesso a créditos.
Edio Elói Frizzo/PSB, como Presidente da Câmara, diz que foi resgatada a história exemplar da entidade e vai ficar para os anais da Câmara de Vereadores. Os proponentes da homenagem foram os Vereadores Assis Melo e Renato Oliveira do Pc do B.

Frizzo critica repercussão sobre verbas da Liga Carnavalesca serem suspensas

Assunto divide opiniões dos Parlamentares
O Vereador Edio Elói Frizzo/PSB, na Sessão desta terça-feira (10), criticou a abordagem do Jornal Pioneiro na divulgação da suspensão de verbas da Prefeitura para a Liga Carnavalesca. O Vereador reclamou que há preconceito por parte de quem escreveu a matéria e afirmou que muitas informações não são verdadeiras, como de o carnaval ser organizado unicamente com dinheiro da Prefeitura. Nossas escolas de samba fazem o carnaval com muito sacrifício. Pessoas até fazem empréstimo com seu nome.
O Vereador Rodrigo Beltrão/PT afirmou que a suspensão das verbas é um retrocesso. O que se tem que fazer são regras. A Vereadora Denise Pessôa/PT disse preocupar-se com as escolas de samba que realizaram a prestação de contas corretamente. Algumas escolas conseguiram prestar contas e foram punidas como as demais. Essa decisão da Prefeitura não me parece acertada no momento. Denise destacou que em outras cidades, as escolas de samba recebem isenção do pagamento de impostos. Ao invés de punir, poderia trabalhar na capacitação para prestação de contas, algumas pessoas não sabem como fazer e caem no erro por falta de conhecimento.
A Vereadora Geni Peteffi/PMDB afirmou que foi um erro não ter disponibilizado alguém para que fizesse a prestação de contas. Sabemos o quanto sofrem essas pessoas mas, também não dá para passar a mão na cabeça e deixar. As pessoas tem que saber como se gasta. O Vereador Marcos Daneluz/PT disse ser a favor de controle rigoroso de dinheiro público. Mas, a crítica maior tem que ser para a Prefeitura. O município tem que apresentar alternativas.
O Vereador Renato Oliveira/PCdoB falou que o carnaval é uma festa de Caxias e deve ser respeitado. Espero que o Executivo faça uma reunião e trate desse assunto. O Vereador Daniel Guerra/PSDB afirmou que há regras claras para fiscalização do dinheiro público e não pode ser tratado com desatenção e descuidos. O pedido de informações que fiz em fevereiro teve respostas tão incompletas quanto a prestação e contas de algumas escolas.
O Vereador Mauro Pereira/PMDB disse que foi uma ação da Procuradoria Geral do Município. Não está se tratando de uma ação isolada. A Vereadora Ana Corso/PT afirmou que deve-se resolver de outra maneira e não pela eliminação do carnaval, que é um patrimônio da cidade. Não se pode ignorar o movimento do carnaval, que tanto se fortaleceu.

UAB entrega carta de reivindicações sobre transporte coletivo

Documento foi elaborado a partir do II Seminário para discutir o tema


Na tarde desta terça-feira (10), o Presidente da União das Associações de Bairros, Daltro da Rosa Maciel, esteve na Câmara de Vereadores para entregar ao Presidente Elói Frizzo, uma carta de reivindicações elaborada após o II Seminário de Transporte Coletivo de Caxias do Sul. O seminário ocorreu no último dia (04), na Câmara de Vereadores e debateu os rumos do transporte coletivo de Caxias, uma vez que o contrato de concessão vence no próximo ano e a prefeitura deverá optar entre uma nova licitação ou a prorrogação da atual.
A carta de reivindicações dos comunitaristas para o contrato de concessão 2010/2020 conta com 26 itens, dentre elas se destacam a reivindicação da aceleração do processo de troncalização do sistema de transporte coletivo e a integração fisica, que nos corredores de ônibus não seja permitido carga e descarga das 6 horas da manhã até as 21 horas, e que a integração do transporte coletivo seja imediata e garantida a todos os usuários.
Daltro da Rosa Maciel, informou que o documento foi entregue também ao Prefeito, como sugestão para o novo contrato de licitação.

10.11.09

Câmara recebe visita do novo Governador do Rotary Club de Sananduva

Encontro ocorreu na tarde desta segunda-feira

Durante a tarde desta segunda-feira (09), a Câmara Municipal de Caxias do Sul, recebeu a visita do novo Governador do Rotary Club de Sananduva, gestão 2009/20010. Evaristo Andreolla foi recebido pelo Presidente da Casa,Elói Frizzo/PSB, e logo após conheceu a toda a estrutura e funcionamento da Câmara.

Estudantes são Vereadores por um dia

Alunos apresentam projetos que beneficiam a comunidade.
9ª edição do 'Vereador por um Dia' aconteceu na tarde desta segunda-feira (09) no plenário da Câmara. Coordenado pela Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Cultura, Desporto e Turismo, o evento contou com dezessete estudantes de diferentes escolas que puderam apresentar seus projetos.
A aluna Ana Cláudia dos Santos, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Érico Veríssimo foi a Presidente da Mesa e o aluno Wellington Corrêa, da Escola Municipal de Ensino Fundamental Armindo Mário Turra foi o Secretário.
O Presidente da Casa Vereador Edio Elói Frizzo/PSB afirmou que os estudantes realizam uma atitude cívica de cidadãos, que deve ser elogiada. A participação tem que começar desde pequeno. A única forma que conhecemos de resolver os problemas é através do regime democrático. Eles estão aqui praticando democracia, merecem nosso parabéns.Os Vereadores mirins apresentaram diversos projetos, como de melhorias na infraestrutura das escolas, acesso e ampliação de UBS's, criação de casas assistenciais, construção de sistema de capacitação e aproveitamento de água da chuva em prédios públicos, entre outros.
A aluna Elisandra Luz Alves, da Escola Municipal de Santa Corona, propôs a criação de um Parque Ecológico para o bairro. Poderá ser utilizado como local de estudos para ciências e meio ambiente, haverá uma trilha ecológica com identificação das árvores.
A maioria dos estudantes propuseram melhorias nas quadras de esporte das escolas. As alunas Bianca Cardoso Leal, da Escola Municipal Américo Ribeiro Mendes, e Raissa Zulian Carraro, da Escola Municipal Vereador Marcial Pisoni, solicitaram cobertura das quadras. Ficamos prejudicados nas aulas de Educação Física nos dias de chuva, informou Raissa. O aluno Maurício José Gheno da Escola Estadual Professor Silvio Stallivieri, propôs uma indicação ao Executivo para terreno e construção de quadra poliesportiva na escola.
A Presidente Ana Cláudia dos Santos da Escola Municipal Érico Veríssimo de Vila Seca, indicou a implantação de uma creche para a comunidade do distrito. As mães não têm onde deixar as crianças para poderem ir trabalhar.
O aluno Felipe Tomazoni da Silva da Escola Adventista de Caxias sugeriu a instituição da Companhia Circense junto a Secretaria Municipal da Cultura. A companhia profissionaliza os jovens para que não entrem em situação de vulnerabilidade social.
O aluno José Eneias de Oliveira Júnior, de 11 anos, da Escola Municipal Atiliano Pinguelo, foi o Vereador mais novo do plenário. Ele apresentou uma indicação ao Executivo para a construção de calçadas para passeio público.
Ana Cláudia dos Santos afirmou que a oportunidade foi ímpar. Gostaria que o poder público de Caxias avaliasse com muito carinho nosso projetos.
O Vereador, presidente da Comissão, Daniel Guerra/PSDB informou que os projetos serão avaliados pela Comissão para ver a viabilidade. Faremos os encaminhamentos das solicitações e informaremos sobre o andamento do exposto na tarde de hoje.
Confira os projetos apresentados:
- PL - A/2009 - da Vereadora Elisandra Luz Alves - da E.M.E.F. Santa Corona - que Cria o Parque Ecológico no Bairro Santa Corona.
- PL - B/2009 - da Vereadora Gabriela Duarte - da E.M.E.F Professora Marianinha Queiroz - Dispõe sobre verba orçamentária para as Escolas Municipais realizarem obras de infra-estrutura em seus prédios.
- PL C/2009 - da Vereadora Natália Kohler - da Escola La Salle Carmo - Institui a casa de assistência social às pessoas desempregadas e dá outras providências.
- PL D/2009 - da Vereadora Jaqueline da Silva Dias - da E.M.E.F. Fioravante Webber - Denomina Jonatan Marchiori de Oliveira o Pavilhão de Esportes da Escola Municipal de Ensino Fundamental Fioravante Webber.
- PL E/2009 - do Vereador Benson Bernardi Tormen - da E.M.E.F. Professora Ilda Clara Sebben Barazzetti - Dispõe sobre a construção de um sistema de captação e reaproveitamento de águas da chuva em prédios públicos.
- PL F/2009 - do Vereador Lucas R. Zapparolli - da E.E.E.M. Irmão José Otão - que acrescenta artigos à Lei nº 5103, de 27 de abril de 1999, renumera o artigo 14 da mesma Lei.
Indicações:
- IND-00A/2009 - da Vereadora Ana Paula Sausen - da E.M.E.F. Américo Ribeiro Mendes - Solicita ao Poder Executivo Municipal cobertura da quadra de esportes da E.M.E.F. Américo Ribeiro Mendes, localizada na Rua Gal. Alexandre M. Simões dos Reis, s/ nº.
- IND-00B/ 2009 - da Vereadora Ana Claudia dos Santos - da E.M.E.F. Érico Veríssimo - Indica a implantação de uma creche na Comunidade do Distrito de Vila Seca.
- IND-00C/ 2009 - do Vereador José Eneias de Oliveira Júnior - da E.M. Atiliano Pinguelo - Encaminha indicação ao Poder Executivo Municipal no sentido de haver a implantação de calçadas para passeio público, junto à Rua Pradelino Linck, no Bairro De Zorzi.
- IND-00D/ 2009 - do Vereador Mauricio José Gheno - da E.E.E.F. Professor Silvio Stallivieri - Encaminha indicação ao Poder Executivo Municipal, no sentido de coneguir terreno bem como a construção de uma quadra poliesportiva, junto a Escola Estadual de Ensino Fundamental Professor Silvio Stallivieri, localizado na Rua Flávio F. Belline, nº 449.
- IND-00E/2009 - da Vereadora Raissa Zulian Carraro - da E.M.E.F. Vereador Marcial Pisoni - Encaminha Indicação ao Poder Executivo Municipal no sentido de solicitar a cobertura da Quadra de Esportes da Escola Municipal de Ensino Fundamental Vereador Marcial Pisoni, no Bairro Vila Leon.
- IND-00F/2009 - da Vereadora Dhienifer Mollon - da E.M.E.F. Arnaldo Ballvê - Indica e sugere ao Poder Executivo Municipal a realização de estudos técnicos no sentido de haver o fechamento de parte da Travessa Carmelindo Piccolli.
- IND-00G/2009 - do Vereador Eduardo Scopel - da E.M.E.F. Santa Lúcia - Indica ao Poder Executivo Municipal, que realize estudos visando a instalação de uma rampa de acesso, na Unidade Básica de Saúde em Santa Lúcia do Piaí.
- IND-00H/2009 - da Vereadora Sheila Amanda Nicoletti - do Colégio Murialdo - Indica ao Poder Executivo Municipal a criação de um espaço apropriado para o lazer de crianças, jovens, adultos e idosos no bairro Ana Rech.
- IND-00I/2009 - do Vereador Felipe Tomazoni da Silva - da Escola Adventista de Caxias do Sul - Indica ao Poder Executivo Municipal, o estudo visando instituir, junto a Secretaria Municipal da Cultura, a Companhia Circense Caxias do Sul
- IND-00J/2009 - do Vereador Bruno de Quadros de Lima - da E.M.E.F Guerino Zugno - Indica e sugere ao Poder Executivo Municipal, a ampliação da Unidade Básica de Saúde do Bairro Planalto II.
Pedido de providências:
- PROV- AA/2009 - do Vereador Wellington Mateus Correa - da E.M.E.F. Armindo Mário Turra - Encaminha Pedido de Providências no sentido de haver limpeza do passeio público na Rua Trav. Henrique D´Àvila, em frente ao número 895.

6.11.09

Sessão Solene comemora 50 anos da Justiça do Trabalho em Caxias

Instituição é atuante nas decisões trabalhistas da cidade

Foto: Letícia Rossetti
A homenagem da Sessão Solene desta quinta-feira (05), foi comemorativa aos 50 anos de instalação da Justiça do Trabalho de Caxias do Sul. De autoria do Vereador Ari Dallegrave/PMDB, a homenagem marcou o papel fundamental da instituição, que atua em decisões conflitivas entre capital e trabalho, empregadores e empregados.
Em nome do Poder Legislativo o Vereador Ari Dallegrave/PMDB falou sobre o histórico da instituição e considerou que merece aplausos. A Justiça do Trabalho marcou presença em momentos decisivos da cidade, do estado e do país.
Juiz do Trabalho e Presidente da Associação dos Magistrados/AMATRA, Luiz Antônio Colussi afirmou que o reconhecimento significa que a Justiça do Trabalho, através de seus juízes, conseguiu estar presente no dia-a-dia da comunidade solucionado os prolemas. Cresceu e se estabeleceu junto com Caxias.
O Desembargador Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região João Ghislene Filho comemorou a homenagem afirmando que este ano é de diversas festividades para a Justiça do Rio Grande do Sul pois, há muitas cidades comemorando centenário de instalação. Esse momento marca a construção. O conceito que hoje desfrutamos é resultado do trabalho de muitos.
Representando o Poder Executivo, o Vice-Prefeito Alceu Barbosa Velho pronunciou-se confirmando a importância da Justiça do Trabalho em Caxias. Barbosa Velho destacou que basta retroceder no tempo e pensar na Justiça há 50 anos atrás e o que Caxias era. Esse crescimento é fruto do trabalho de muitas pessoas. Nós não viveríamos sem a Justiça do Trabalho hoje. A agilidade nos processos é satisfatória.

Presidente da Câmara integra comitiva da Festa da Uva em convite à Governadora

Vereador também é Vice-Presidente da Festa
Foto: Luiz ChavesO Presidente da Câmara de Vereadores, Edio Elói Frizzo acompanhou a comitiva da Festa da Uva 2010, nesta quinta-feira, dia 5 de novembro, para convidar a Governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius, a participar do evento. A comitiva foi acompanhada pelo Grupo A Festa Chegou, que apresentou a música tema da Festa, Nos trilhos da história, a estação da colheita.
Além do convite, a comitiva apresentou à governadora o cartaz oficial do evento. Yeda foi presenteada com uma cesta de produtos típicos. A governadora disse que fará o possível para estar na abertura da Festa da Uva. Em Porto Alegre, o grupo também fez o convite oficial ao prefeito José Fogaça.
A visita teve a participação do casal presidente da Festa da Uva, Gelson e Gládis Palavro, do casal presidente da Comissão Social, Milton e Zuleika Corlatti, da Rainha Tatiane Frizzo, das Princesas Aline Galvan Perera e Kátia Pisetta Weber, do prefeito José Ivo Sartori, primeira-dama de Caxias do Sul, Maria Helena Sartori, do Secretário da Cultura, Antonio Feldmann, do diretor de Hospitalidade, Jaison Barbosa, do diretor de Marketing, Julio Duso, e do diretor de Bilheterias, Roberto Chaves Pereira.
A Festa da Uva será realizada entre os dias 18 de fevereiro e 7 de março.

4.11.09

Frizzo defende terceira pista na Sinimbu

Medida desafogaria o trânsito em horários de pico




O Vereador Edio Elói Frizzo/PSB acredita que a retirada dos estacionamentos das ruas Sinimbu, Pinheiro Machado e Bento Gonçalves vão possibilitar um melhor fluxo na cidade. “A proposta do Secretário de Transportes Vinícius Ribeiro, pretende retirar o estacionamento em apenas algumas poucas quadras da rua Sinimbu, eu penso que deve ser retirado o estacionamento de toda a Sinimbu, esse é um assunto que já está maduro, precisa colocar três pistas dando alternativa no deslocamento leste-oeste.
De acordo com Frizzo, a retirada das vagas de estacionamento das ruas centrais e inclusive de outras vias de grande tráfego na cidade é uma luta antiga sua, e visa desafogar o trânsito em razão do grande números de veículos na cidade.

29.10.09

Primeira Conferência Nacional de Comunicação é realizada na Câmara de Vereadores

Etapa é preparatória para a Estadual e a Nacional ainda neste ano


Na primeira Conferência Nacional de Comunicação na Câmara de Vereadores em Caxias do Sul, foram apresentados três painéis sobre o assunto. O Presidente da Casa, Edio Elói Frizzo/PSB, diz que a expectativa é a de contribuir para estabelecer um debate saudável com democracia. Eu penso e tenho uma visão crítica de que hoje vivemos no Brasil e vários países do mundo, uma certa ditadura da mídia, de modo a conduzir o pensamento da população. Se fizermos com que se democratize os meios, será melhor.
Representando o Executivo, o chefe de gabinete Edson Néspolo, acredita que as conferências transformam a realidade. Ele relembrou a Conferência das Cidades, em que a partir dela, foi elaborado um novo e melhor Plano Diretor para Caxias.
Assim deve ser com essa Conferência também. Sabemos que temos meio de comunicação que servem para massa de manobra e não é isso que se busca. Essa democracia verdadeira passa muito por meios que expressem a verdade.
Entre os painelistas, o Professor Dr. Álvaro Benevenuto Jr. Ele falou sobre a forma de produção dos conteúdos de comunicação. Fez um breve histórico a partir da chegada da TV no Brasil em 1950. Ele informa que foi onde ficou demarcada a possibilidade de uma comunicação imediata e ao vivo. E em 1960 percebe-se um movimento forte das verbas de publicidade, não somente em rádios e jornais, mas demarcando a televisão. Ele ainda diz que os meios de comunicação tem que operar dentro do respeito e da responsabilidade do emissor da idéia, assumindo a autoria. O ambiente de comunicação é reconhecido como espaço público. A sociedade é responsável em estar atenta a como financiar as ações anti-éticas. Álvaro diz que quando falamos de convergência digital, falamos que a produção dos conteúdos deve estar sob o olhar de quem vai utilizar.
Outro ponto apresentado na Conferência, foi a forma de distribuição dos impressos. O Jornalista Clomar Porto diz que é uma grande conquista a existência da conferência. Qualquer sociedade democrática é preciso que avance a comunicação.
O Jornalista Paulo Cancian, relatou um pouco de seus 40 anos de atividade que contribuiu para o debate.
O Empresário Oli Paz da Costa, afirma que com o advento da TV digital, teremos mais de dois mil canais de TV com esse novo mercado. Iremos precisar de novos profissionais, além dos jornalistas, como editores e cinegrafistas. Basicamente os meios de distribuição será através de banda larga. O importante é ter um regramento para que isso funcione de maneira democrática.
O público da conferência contou também com a participação da Psicóloga Ivarlete Gruimarães França que diz que os meios de comunicação devem ser veículos de educação na nossa sociedade. O professor e advogado José Ferreira Machado, afirma que não podemos perder o nosso direito a indignação.
A conferência encerrou os painéis ainda pela manhã e durante a tarde serão discutidos os assuntos dos painelistas. Por fim essas propostas serão apresentadas ao público.
Representando a Central Única dos Trabalhadores, Rose Brogliato informa que a Conferência estadual será realizada nos dias 17 e 18 de novembro em Porto Alegre. E a Conferência Nacional de Comunicação, em Brasília entre os dias 14 e 17 de dezembro.

Escola de Educação Profissional em Saúde do Hospital Pompéia completa 20 anos

Câmara de Vereadores homenageia entidade


Na noite desta quarta-feira (28), a Escola de Educação Profissional em Saúde do Hospital Pompéia recebeu uma homenagem pelos 20 anos de existência. Oficialmente a data do aniversário da entidade é 19 de agosto de 2009.
O Vereador Alaor de Oliveira/PMDB, proponente da homenagem, relatou um pouco sobre o histórico da Escola. Falou ainda que é a mais importante escola de educação profissional do nosso município. Graças a qualidade a procura pelos cursos foi crescendo cada vez mais. O desafio é atender a especialização técnica para hospitais que vivem os avanços da medicina. Alaor diz que a escola possibilita aos enfermeiros ganhar qualificação profissional, pois cada vez existem mercados mais competitivos.
No seu discurso, o Superintendente Geral do Hospital Pompéia Francisco Soares Ferrer, disse que a escola nasceu com um objetivo claro, o de profissionalizar e qualificar. Ferrer informa que o projeto para os próximos cinco anos é o de tornar a escola em ensino superior. A missão da escola está alinhada com a missão institucional. O mais importante é o amor ao próximo e o atendimento aos mais necessitados, é construir uma sociedade mais fraterna, digna e humana. Hoje temos o orgulho de afirmar que boa parte do quadro de funcionários do hospital vem da escola. É a escola formando o hospital atendendo.
A Secretária Municipal da Saúde, Maria do Rosário Antoniazzi, diz que é perceptível a importância do ato médico, mas também a necessidade das equipes de enfermagem. A escola retrata a solidariedade acima de tudo. A minha melhor homenagem pra escola é o agradecimento público sobre o que recebemos de vocês todos esses anos. Me sinto recebendo um presente do Prefeito Sartori estando aqui nesta noite.
O desafio da Escola é atender a necessidade da formação técnica, de especialização e aprimoramento na área da saúde para hospitais e entidades que vivem os avanços da medicina a passos largos com as novas tecnologias de tratamento, bem como de nível ambulatorial. Este espírito de inovação e acompanhamento das técnicas de tratamento à saúde diferenciou a Escola que hoje é, a exemplo do Hospital Pompéia, uma referência em Caxias do Sul e região na formação de técnicos de enfermagem.
Com base nas tendências de mercado a Escola Profissional em Saúde do Hospital Pompéia formou nos últimos dez anos 2.748 profissionais capacitados para ir ao encontro de um mercado de trabalho dinâmico e competitivo.
Atualmente a Escola tem um corpo docente com dezesseis profissionais, sendo professores de Ensino Técnico em Enfermagem, Enfermeiros e do Curso Técnico em Nutrição, Nutricionista, com graduação e licenciatura para docência.

Rainha Princesas e Destaque Social da Indústria e Comércio de Caxias Visitam a Câmara

Soberanas foram recepcionadas pelo Presidente da Casa Elói Frizzo


Durante a tarde desta quarta-feira (28), as as soberanas da Indústria e Comércio 2009 de Caxias do Sul foram recebidas pelo Presidente da casa Edio Elói Frizzo/PSB. Na sequência conheceram a Câmara de Vereadores e participaram da Sessão.
A Rainha é Thuany Tomé, a primeira princesa é Suzanne Zamboni e a segunda Taís Pigato e o título de Destaque Social ficou com Leoni Grison.

28.10.09

Câmara recebe Orçamento do município para 2010

Estimava orçamentária cresce em 0,87%


O Presidente da Câmara, Edio Elói Frizzo/PSB recebeu nesta quarta-feira (28), das mãos do Secretário de Gestão e Finanças, Carlos Búrigo e do Chefe de Gabinete da Prefeitura, Edson Nespolo e da Líder do Governo, vereadora Geni Peteffi/PMDB, o projeto de lei que contém o orçamento de Caxias do Sul para o próximo ano. O valor estimado é de R$ 884.884.644 milhões, um aumento de 0,87 % em relação ao ano de 2009.
Búrigo explica que a crise fez com que a arrecadação dos principais impostos diminuíssem, o que resultou num índice de crescimento inferior a um por cento.
A base para cálculo do orçamento municpal contempla a arrecadação de tributos municipais, transferências de receita do estado e da união, além de recursos oriundos de financiamentos junto a órgãos públicos e bancos.
O Secretário também se colocou à disposição dos Vereadores, bem como a equipe da Secretaria de Gestão e Finanças, para explicações e discussões. A Comissão de Fiscalização e Controle Orçamentário da Câmara vai convocar Audiência Pública para discutir o projeto com a comunidade caxiense., em data a ser agendada. O projeto do orçamento deve ser aprovado até o dia 15 de dezembro, última sessão ordinária do ano.

DEMONSTRATIVOS POR ÓRGÃOS
Total do Órgão Sobre Total do Município
Valor R$
01 - Legislativo
15.831.600,00
02 - Executivo, Administração Direta
584.763.554,00
03 - SAMAE
120.262.660,00
04 - IPAM - Saúde
36.837.700,00
06 - IPAM - Previdência
107.664.600,00
05 - FAS
19.524.530,00


TOTAL GERAL
884.884.644,00

Frizzo defende ação da Comissão de Direitos Humanos

Assunto repercute no plenário


Da tribuna, o discurso do Vereador Edio Elói Frizzo/PSB abordou o caso da visita da Comissão de Direitos Humanos a pessoa ferida no hospital, que repercutiu na mídia.
Percebemos um ataque violento a essa Casa. Nenhum dos Vereadores defende marginal. Frizzo destacou que os Vereadores vem cobrando ações no intuito de auxiliar vítimas. Tantas audiências realizadas com vítimas, só que isso não dá tanto impacto na mídia quanto o discurso que a Comissão defende bandido. Não existe razão de nos cobrarem que não apoiamos as vítimas. A Casa não pode ser acusada de ser radical, tem tido uma postura equilibrada. Frizzo elogiou a coluna do jornalista Ciro Fabres desta terça-feira (27).
A Vereadora Ana Corso/PT afirmou que a luta pelos direitos de todos é incansável. Não é só pra si e sua família. É todo, é o negro, o deficiente, a mulher, o homossexual, e também os presidiários. A Vereadora informou que a Comissão atendeu um chamado de fiscalização para verificar se houve abuso de autoridade. Ana citou casos de mortes em que policiais não foram punidos, como nos casos Zé Maria e a tortura ocorrida no início do ano em Flores da Cunha, além do caso do tiro a um inocente do bairro Castelo. Ninguém vai me fazer calar quando eu achar que há injustiça. Ana disse ter checado a ficha do rapaz internado e constatou que ele não tinha passado pela polícia.
O Vereador Renato Nunes/PRB disse que a Comissão é favor da polícia. A cobrança era uma mudança na abordagem da Brigada. A informação que tínhamos é que aquela pessoa no hospital era a vítima, que foi abordado porque era usuário de drogas.

Rubens Candeia é Cidadão Caxiense

Homenageado relata os 88 anos de existência


Rubens Candeia recebeu o título de Cidadão Caxiense na noite desta terça-feira (27) em Sessão Solene no plenário da Casa. A homenagem, proposta pelos Vereadores Pedro Incerti/PDT e Rodrigo Beltrão/PT buscou reconhecer o trabalho realizado por ele, que há 37 anos se veste de Papai Noel em época de Natal, para levar alegria a milhares de crianças de diversas comunidades da cidade.
Em nome do Poder Legislativo, o Vereador Rodrigo Beltrão/PT enalteceu o trabalho do homenageado. Sinto viva a força da justiça, de estarmos fazendo uma justíssima homenagem àquele que é o mais simples, mais que tem a trajetória mais rica. Beltrão destacou a atuação de Candeia no tradicionalismo, no Sindicato dos Reunidos e salientou o trabalho social. Praticou o bem através da ação.
O homenageado da noite, Rubens Candeia, em um emocionante discurso contou um pouco do histórico da sua vida de 88 anos de idade. Veio de Lagoa Vermelha e permaneceu 61 anos em Caxias do Sul. Há 37, representa o Papai Noel. Ele contou que não foi a escola, mas que aprendeu a ser um homem de honra e conquista ao longo da vida. Hoje sou homenageado pelos vereadores que representam o povo. Sempre quero contribuir de alguma forma para o crescimento dessa cidade. Se eu pudesse dar conselho é de que nunca devemos perder a esperança de alcançar o que se quer.
O grande amigo do homenageado e da família Francisco Kury também pronunciou-se. Podemos nos perguntar porque alguém recebe o título. Ser cidadão é fácil mas, ser reconhecido entre todos como um grande cidadão não é fácil. A sua simplicidade é aquela que nós quase não temos mais.
A ocasião foi abençoada pelo Padre Mário Pedrotti. Elogiou Candeia, dizendo ser um homem simples e humilde. O que hoje se semeia amanhã se colhe. O senhor semeou amor, simpatia, alegria para crianças, fé. Hoje colhe da vida.
O Secretário do Turismo Jaison Barbosa falou em nome do Poder Executivo. O seu espírito é muito jovem, emoção e sensibilidade são oriundas de quem é humano. Faz falta a solidariedade. Jaison Barbosa presenteou Rubens Candeia com o livro 'Locatelli no Brasil' de Luis Ernesto Brambatti.
Edio Elói Frizzo/PSB disse que com simplicidade é possível fazer justiça. Candeia é uma pessoa diferenciada na cidade, pois faz a diferença em Caxias.

27.10.09

15ª edição da Festa Campeira de Vila Oliva é aberta oficialmente

Evento acontece de 12 a 15 de novembro no Parque de Rodeios do distrito

A abertura oficial da 15ª edição da Festa Campeira de Vila Oliva aconteceu na noite desta segunda-feira (26) no Plenário da Câmara. A Festa ocorre de 12 a 15 de novembro no Parque de Rodeios do distrito de Vila Oliva.
O Presidente da Casa, Vereador Edio Elói Frizzo/PSB destacou que a realização da Festa é um grande esforço de todos os envolvidos e, mesmo o evento não sendo parte do calendário oficial do município, já faz parte da programação da comunidade. Caxias reconhece aqueles que buscam preservar nossas tradições, nossa cultura. Que seja uma grande festa.O Coordenador da 25ª Região Tradicionalista Jó Arse, diz que é importante estreitar o relacionamento entre poder público e movimento. A cada ano que passa temos um crescimento considerável. Temos que manter viva a chama crioula. A 15ª Festa Campeira marca a história e a cultura de Vila Oliva. Essa festa é nossa, dos gaúchos, da comunidade de Caxias.
Ao informar que neste ano haverá três homenageados, o capataz do CTG Parque de Rodeios de Vila Oliva Ricardo Daneluz destacou os nomes da primeira-dama Maria Helena Sartori, Nadir Rizzi (será entregue a taça Nadir Rizzi) e Adelar Bertussi. Daneluz informou ainda, que o evento terá foco no aprendizado das crianças, com a realização de palestras pela instância da leitura. A família Vila Oliva estará com as cancelas abertas nesses dias para que se faça uma festa em prol da cultura.
O Vice-prefeito e Coordenador Geral da 15ª Festa Campeira, afirma que é dessa forma que a Câmara de Vereadores se integra com o executivo, através do tradicionalismo. O destaque dessa festa é a nossa Primeira-Dama, que se engaja nas lutas sociais. Pela primeira vez uma mulher está sendo homenageada. Alceu Barbosa Velho citou uma frase de Gildo de Freitas, que diz: "O homem sem mulher, não vale nada".
O tradicionalista Volmir Martins fez uma apresentação musical.

23.10.09

Círculo Operário comemora 75 anos

Solenidade destaca trabalhos sociais realizados pela instituição

O aniversário de 75 anos do Círculo Operário Caxiense foi comemorado em uma Sessão Solene, realizada na Câmara de Vereadores. Compuseram a Mesa o presidente do Legislativo Caxiense, vereador Elói Frizzo/PSB, o superintendente executivo do Círculo, Roberto Toigo, o presidente do Conselho de Administração da entidade, Nelson Sbabo, a deputada estadual Marisa Formolo/PT, a secretária Municipal de Saúde, Maria do Rosário Antoniazzi e o vereador Alaor de Oliveira/PMDB.
Proponente da homenagem, o Vereador Mauro Pereira/PMDB falou em nome da Casa, destacando a importância do Círculo Operário para Caxias do Sul. Segundo ele, os serviços da entidade são de suma importância para o município, pois oferecem qualidade e boa estrutura. A saúde, a educação e a solidariedade são as marcas do Círculo. Espero que seus trabalhos continuem sendo dedicados à solidariedade, pois ela é também saúde para a alma e para o espírito.
O Superintendente Executivo do Círculo, Roberto Toigo, destacou que a entidade percorreu uma longa caminhada. Não perdemos nossa identidade, procuramos ampliar o legado que recebemos. A nossa responsabilidade ainda é imensa. Temos que dar respostas com qualidade para as demandas que nos chegam contribuindo para o fortalecimento da saúde em nossa comunidade.
A historiadora Regiane Linck, autora do livro 'Círculo: uma trajetória de conquistas e realizações', usou a tribuna para falar de um trabalho de resgate da história da instituição, realizado por meio de um memorial. Segundo ela, o objetivo é reunir e organizar documentos para revelar a história da instituição. Resgatamos inclusive fotos, informativos e anotações pessoais que revelam a transformação do Círculo, uma entidade que acompanhou mudanças no mundo do trabalho e se consolidou com uma gestão contemporânea e eficiente.
A Deputada Marisa Formolo/PT salientou que o surgimento do Círculo foi em um momento que a história evidencia Caxias se desenvolvendo como uma cidade urbana e industrial. Dentro de uma política da Igreja se instalou esse núcleo, porque não havia atenção pública na saúde. O Círculo foi se transformando numa empresa de saúde, crescendo nos seus fins e na área da educação.
Em nome do Poder Executivo Municipal, Maria do Rosário Antoniazzi frisou que o atendimento à saúde é fundamental e necessário à toda sociedade. Segundo ela, o Círculo cumpriu, no início de seus trabalhos, um papel que o poder público não conseguia atender. Hoje, o serviço público de saúde busca atender as necessidades da sociedade. O Círculo aparece como um parceiro e dá a sua contribuição para um segmento que não precisa recorrer ao serviço público, ainda que este seja um direito universal.
A Câmara de Vereadores, por meio de seu Presidente, recebeu um exemplar da obra da historiadora Regiane. O Vereador Frizzo destacou que a obra será encaminhada ao Centro de Memória da Casa. Ainda durante a solenidade foi entregue pela Câmara uma placa em homenagem ao Círculo.

OAB é homenageada em Sessão na Câmara

São comemorados 75 anos da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil em Caxias


A Câmara prestou homenagem aos 75 anos de instalação da Ordem dos Advogados do Brasil - Subseção de Caxias do Sul, durante a Sessão desta quinta-feira (22).
Em nome do Poder Legislativo, o Vereador Ari Dallegrave/PMDB afirmou que a valorização das entidades é de suma importância pois, enaltecem a cidade. A OAB tem um papel fundamental no desenvolvimento de nosso município. Dallegrave citou uma frase de Rui Barbosa, que segundo ele, ilustra bem a comemoração: Legalidade e liberdade são as tábuas da vocação do advogado.

O Presidente da OAB - Subseção de Caxias, Daiton Carlos Martins Fonseca lembrou um pouco dos 75 anos de história. A OAB participa direta e indiretamente da vida dos cidadãos com a perspectiva de melhoria de vida. Ela tem cumprido seu papel.

Representando a Assembleia Legislativa, o Deputado Kalil Sehbe Neto salientou que a Assembleia une-se à Câmara nesta homenagem. Todos os advogados presentes, principalmente nos Conselhos Municipais, tem uma real atuação.

O Vice-Prefeito Alceu Barbosa Velho, em nome do Poder Executivo, afirmou que é uma honra muito grande estar presente nesta homenagem e lembrou das conquistas realizadas, como a construção do Foro e a vinda da Justiça Federal para Caxias. Esta subseção nos orgulha e orgulha sobretudo, todos os advogados de Caxias .

O Procurador do Estado Rafael Candido Velázquez Orozco, representando o Governo Estadual, afirmou que a Subseção da OAB tem sido muito importante e citou a elevação de entrância da comarca de Caxias. É um ato histórico de valorização

22.10.09

Associação Caxiense de Teatro é homenageada na Câmara

Entidade completa 20 anos de contribuição artística e cultural

A Associação Caxiense de Teatro/ACAT foi homenageada durante a Sessão desta quarta-feira (21). A ACAT, que completou 20 anos de atuação em 20 de julho deste ano, é uma entidade que contribuiu com o desenvolvimento de manifestações artísticas e culturais, principalmente por meio do teatro.
O proponente da homenagem, Vereador Rodrigo Beltrão/PT, destacou a época em que a associação iniciou os trabalhos na cidade. Surgiu num cenário em que vivíamos uma ressaca pós ditadura. O Cine Ópera foi derrubado porque não se tinha o pensamento de que a arte e a cultura são um direito fundamental. Faz parte da essência do ser humano. O Vereador lembrou ações da ACAT como a busca de recursos para reforma do Teatro Pedro Parenti na Casa da Cultura e o engajamento na construção do Centro de Cultura Ordovás Filho. A ACAT chega aos seus 20 anos com toral vitalidade.
Representando a ACAT, Justina Andrighetti afirmou que a associação vem marcando presença. A ACAT surgiu por causa das necessidades artísticas. Era importante ter uma entidade que defendesse os interesses comuns dos artistas. Justina lembrou das dificuldades da época. Reivindicávamos espaço para as apresentações e reivindicávamos um Teatro Municipal. Hoje, reivindicamos a mesma coisa. Queremos representar o teatro na sua essência.
O ator, poeta e escritor José de Oliveira Luiz, conhecido como Zé do Rio, disse que há dificuldade em levar as pessoas ao teatro. É mais fácil construir teatro nessa cidade do que levar as pessoas ao teatro. Pouca gente vai ao teatro, faz teatro, lê teatro, essas coisas não fazem parte do cardápio porque as pessoas não sentem falta do que não tiveram. Teatro é bom para o palco e bom para a vida.
Em nome do Poder Executivo, o Secretário da Cultura Antonio Feldmann lembrou quando Caxias instituía a Casa da Cultura, há 27 anos, citando as dificuldades do Poder Executivo para investir na obra. A Prefeitura ter que justificar perante as comunidades um investimento em arte, enquanto a realidade de muitos bairros era não ter pavimentação. Uma entidade com fins culturais conseguir se manter por 20 anos já é por si, digna de ser apoiada. Feldmann citou investimentos da Prefeitura como a construção do Teatro do Moinho da Estação.

14.10.09

Câmara de Vereadores lança novo site

Os destaques são para o Portal da Transparência e o Centro de Memória
O novo site está visualmente mais moderno e composto com mais informações. Além do abastecimento de notícias diárias ele agora tem o Portal da Transparência. Assim é possível obter informações sobre os gastos com diárias, quadro de servidores, salários, despesas de contratos, compras e outras informações de relatórios financeiros da Casa. A Coordenadora de Comunicação Eloá Nespolo afirma que através do novo site, as pessoas em geral terão acesso aos principais acontecimentos da Câmara de Vereadores, além de a Imprensa ficar constantemente atualizada. Outra novidade é o Centro de Memória. Geni Onzi e Anelise Cavagnolli, são as responsáveis pelo abastecimento de cerca de 325 mil documentos históricos que poderão ser consultados a qualquer momento. Lá são encontradas fotos e Sessões antigas, além de outros documentos. Além disso, tudo foi transcrito para um melhor entendimento da grafia.
Tornar a Câmara mais transparente e mais próxima das pessoas, esse é um dos objetivos do site, afirma o Presidente Edio Elói Frizzo/PSB.
Conheça o novo site: www.camaracaxias.rs.gov.br

11.9.09

Soberanas da Festa da Uva 2010 visitam a Câmara

Rainha e Princesas convidaram os Vereadores para 'embaixadores' da Festa.
As Soberanas da Festa da Uva 2010, Rainha Tatiane Frizzo e Princesas Aline Galvan Perera e Kátia Pisetta Weber realizaram visita oficial ao Vereadores durante a Sessão desta quinta-feira (10). Na ocasião, os vereadores receberam um boton como forma de designá-los 'embaixadores' da Festa.
O Presidente da Comissão Comunitária Gelson Palavro falou que o trabalho já começou. O trio está representando muito bem a Festa da Uva, é o desafio de mantermos esse grupo sempre ativo e com envolvimento cada vez maior. Contamos com vocês para que façamos um evento da maneira que Caxias merece.
O Presidente da Comissão Social Milton Corlatti afirmou que todos estão trabalhando na divulgação. Estivemos em três feiras no final de semana. Além do trio, nossas 17 embaixatrizes estão trabalhando para fazermos a Festa da Uva 2010 uma grande festa. Todas estarão presentes na Semana Farroupilha. Que todos se unam a nós na divulgação.
A Princesa Aline Galvan Perera agradeceu a oportunidade. É uma honra poder compartilhar porque a partir de agora é um trabalho de todos. Esperamos a colaboração de toda a comunidade.
A Princesa Katia Pisetta Weber convidou todos para a Festa. Aproveito para reforçar o convite para que todos participem da nossa festa maior.
A Rainha Tatiane Frizzo destacou a importância da Festa. A Festa da Uva não é apenas uma festa ou tão pouco uma feira, é a oportunidade de compartilharmos a nossa cultura e celebrarmos a vitória de todos aqueles que vieram antes de nós.
O Presidente da Câmara agradeceu a visita. Nos sentimos muito honrados, falou Edio Elói Frizzo/PSB que também é um dos vice-presidentes da Comissão Comunitária da Festa da Uva.

10.9.09

Presidente da Câmara participa de Reunião Almoço da CIC


Elói Frizzo participou nesta quarta (09) de reunião almoço na CIC alusiva à Semana da Pátria, que contou com a presença do General de Exército José Carlos De Nardi, que palestrou sobre o tema: O Comando Militar do Sul e a estratégia nacional de defesa.
Participaram também os vereadores Mauro Pereira e Gustavo Toigo e o Secretário de Urbanismo Francisco Spiandorello.

5.7.09

Câmara aprova indicados aos títulos de "Empresa Criança" e "Amigo da Criança”.

Marcopolo e Sr. Sérgio Formolo serão homenageados. Durante a Sessão desta quinta-feira (02), os Vereadores aprovaram o Requerimento, de autoria da Mesa Diretora, que institui o Título de "Empresa Criança", para pessoas jurídicas, e de "Amigo da Criança", para as pessoas físicas, que contribuem para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Os nomes da empresa Marcopolo S.A. como “Empresa Criança” e do Sr. Ségio Formolo como “Amigo da Criança” foram indicações da Comissão Especial, composta por vereadores e integrantes da comunidade. Os títulos serão conferidos em Sessão Solene no dia 9 de julho, a partir das 19h30min. A Mesa Diretora é composta pelos Veradores: Édio Elói Frizzo/PSB, Harty Moisés Paese/PDT, Renato Oliveira/PCdoB, Alaor de Oliveira/PMDB e Denise Pessôa/PT.

Mesa Diretora regra Sessões Solenes e Homenagens no Legislativo caxiense. Nova proposta já está em vigor.

A partir de Resolução de Mesa nº 471/A, de 12 de junho de 2009, ficou regulamentado o número de solenes e homenagens que podem ser realizadas pela Câmara de Caxias do Sul. Até então, não havia limite máximo para a concessão de títulos, homenagens ou comemorações, propostas pelos Vereadores. A partir de agora cada parlamentar poderá propor e efetivar a realização de, somente uma Sessão Solene e de somente uma Homenagem durante a Sessão Ordinária, por ano legislativo. O assunto vinha sendo discutido há alguns meses pela Casa e essa proposta foi aprovada pela grande maioria dos Vereadores.

Câmara aprova aumento de capital para a Codeca. Projeto que prevê repasse de mais de R$ 3 milhões à Companhia.

A Câmara aprovou, por maioria de votos, projeto de autoria do Poder executivo que prevê a abertura de Crédito Adicional Suplementar no orçamento de 2009, no valor de R$ 3.200.000,00 ( três milhões e duzentos mil de reais) para aumento de capital da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul – CODECA. A justificativa para o aumento de capital é para viabilizar o transporte de resíduos para o novo aterro sanitário, na localidade de Apanhador. Os recursos serão utilizados na aquisição de dois caminhões traçados; quatro semi-reboques basculantes com capacidade para 65m³ (sessenta e cinco metros cúbicos); uma escavadeira de 17 toneladas; uma retroescavadeira e um veículo tipo Kombi, afim de viabilizar o transporte do lixo, uma vez que frota atual da CODECA está comprometida com o sistema de coleta em funcionamento. A matéria motivou pronunciamentos de todos os Vereadores. Marcos Daneluz, Rodrigo Beltrão, Ana Corso e Denise Pessôa, da bancada do PT, manifestaram-se contra o projeto. Eles ressaltaram que o executivo tem feito repasses de recursos frequentes à Companhia. Ouvimos críticas duríssimas à gestão da Codeca na administração do governo Pepe Vargas e que agora estava tudo “às mil maravilhas”. Entretanto, mais esse repasse prova que a situação não é tão tranquila assim, disse Daneluz. Rodrigo Beltrão disse que o repasse de recursos não é para construção do aterro e sim para a compra de maquinários. Nós não somos contra a construção do aterro e sim ao aporte de novas verbas à Codeca. Mauro Pereira/ PMDB, Assis Melo/PCdoB, Gustavo Toigo/PDT, Pedro Incerti/PDT, Alaor de Oliveira/PMDB, dastacaram os benefícios do projeto, não só para a situação ambiental do município, mas para garantir melhores condições de trabalho aos servidores da empresa. A Codeca vem dando ótimos exemplos de gestão, de resultados e de avanços para a qualidade de vida dos caxienses, destacou Toigo. Ari Dallegrave/PMDB lembrou a da importância desse projeto. Estamos pensando na situação do lixo domiciliar de Caxias do Sul para os próximos 50 anos ou mais. Caxias nunca teve um aterro sanitário no modelo que está sendo proposto, já que o aterro São Giácomo nasceu como um lixão. A líder do governo, Geni Peteffi/PMDB reiterou problemas ocorridos na gestão da Codeca, durante o governo de Pepe Vargas e elogiou os avanços da Companhia durante o governo Sartori.

Câmara Discute aumento de capital para a Codeca Projeto foi analisado em primeira discussão.

De autoria do Poder executivo a Câmara analisou na sessão desta terça-feira, dia 30 de junho de 2009, a abertura de Crédito Adicional Suplementar no orçamento de 2009, no valor de R$ 3.200.000,00 ( três milhões e duzentos mil de reais) para aumento de capital da Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul – CODECA. A justificativa para o aumento de capital é pela construção de um novo aterro sanitário na localidade de Apanhador. Os recursos também serão utilizados na aquisição de dois caminhões traçados; quatro semi-reboques basculantes com capacidade para 65m³ (sessenta e cinco metros cúbicos); uma escavadeira de 17 toneladas; uma retroescavadeira e um veículo tipo Kombi, afim de viabilizar o transporte do lixo, uma vez que frota atual da CODECA está comprometida com o sistema de coleta em funcionamento. A matéria ainda terá que voltar ao plenário para segunda discussão e processo de votação.

Câmara aprova área que vai abrigar prédio do Centro Dia. Programa é voltado à pessoas com transtorno global do desenvolvimento e autismo.

O projeto de autoria do executivo foi aprovado por unanimidade na sessão de quinta-feira, dia 30 de junho e transforma a área da categoria de bem público de uso comum do povo, para categoria de bem dominical, a qual foi doada doada pela Promenade Administração e Urbanismo. O Programa Centro Dia é desenvolvido pela Fundação de Assistência Social – FAS, em parceria com a Associação Educacional Helen Keller, para atendimento de pessoas com transtorno global do desenvolvimento e autismo. A área em questão está localizada no Loteamento Sanvitto e possui aproximadamente 5.358m².

Câmara presta homenagem aos 90 anos do Irmão Boni e também do Movimento Bandeirantes.

Federação do Movimento Bandeirante já beneficiou um milhão de crianças, jovens e adolescentes. Nesta terça-feira (30), a Câmara de Vereadores homenageou o Irmão Boni por seus 90 anos de idade e também o Movimento Bandeirante pelo mesmo tempo de existência. Há quase 30 anos, o Irmão Bonifácio Mathias, trouxe para o nosso Município o Movimento, formando em Caxias do Sul o Núcleo de Bandeirantes Irmão Bonifácio. O principal objetivo é a luta pela formação de crianças e jovens, dentro dos princípios morais e éticos que compõe uma sociedade e a formação pessoal de cada um. O Irmão Bonifácio Mathias é natural de Santo Cristo, no noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. Aos 21 anos, o religioso da Congregação Lassalista chegou a Caxias para lecionar no educandário do Carmo. Foram mais de 40 anos de magistério e ainda hoje ele está ligado a atividades da escola, assim como ao Bandeirantismo. Com 90 anos de idade, acompanha de perto a movimentação e a formação do Grupo. A Federação de Bandeirantes do Brasil (FBB), é uma organização civil de âmbito nacional, sem fins lucrativos, de educação não-formal, voltada ao público infanto-juvenil. Atuante há 90 anos, a FBB já beneficiou cerca de um milhão de crianças, jovens e adolescentes. Hoje, está presente em 15 estados brasileiros, com cerca de 1.000 voluntários (digirentes e coordenadores) que trabalham com mais de 7.000 Bandeirantes, entre men inas e meninos. O Vereador Harty Moisés Paese/PDT, lamentou não ter feito parte do Movimento, sabendo hoje da importância dele na formação das crianças e jovens. Mas tenho uma filha que pode fazer parte das Bandeirantes, pois toda essa obra ajuda na formação de seres humanos melhores. O Presidente da Câmara Edio Elói Frizzo/PSB, disse que não é comum a casa homenagear pessoas com seus 90 anos de idade, mas uma personalidade como Irmão Bonifácio é merecedora desse destaque. O Homenageado Irmão Boni, falou sobre a história da sua vida, sobre o orgulho que sente dos pais. E o sentimento que tem por ter perdido o pai com apenas 45 anos de idade. Mas que foi com o que aprendeu na infância que formou a personalidade e onde surgiu a vontade de ser Irmão Lassalista. Boni dedicou a vida a crianças e jovens e disse: quero chegar ao centenário para ser útil à juventude. Representando o executivo, o Secretário de Trânsito, Transportes e Mobilidade, Vinícius Ribeiro, registrou o sentimento de orgulho e emoção, tanto pelo presente momento quanto por ter feito parte do Movimento. Falou sobre o Irmão Boni, que dedicou a vida a quem mais precisa de um referencial que são as crianças e os jovens. Homem símbolo de entusiasmo, esperança, fé. Aos 90 anos escreve o que diz, lê o que escreve e fala o que acredita. Ele é um referencial pra todos que participam do Movimento.

Associação Brasileira de Advogados Ambientalistas ocupa a Tribuna Livre.

Questões de preservação do meio ambiente foram os assuntos abordados. Durante a Sessão Ordinária desta terça-feira (30), a Associação Brasileira de Advogados Ambientalistas ocupou a Tribuna para levantar a questão da preservação do meio ambiente na produção de lixo das empresas. O advogado Alencar Dallagnol falou em nome da Associação. “Quando se fala em meio ambiental se fala em preservação e incorremos com o problema da aplicabilidade. A Auditoria Ambiental seria a identificação da política ambiental das empresas. Algumas empresas teriam que apresentar o relatório de Auditoria Ambiental. É realmente o instrumento mais adequado. Minha sugestão é um subsídio para aquele que entregasse voluntariamente sua Auditoria. A Auditoria Ambiental é como um carro submetido a uma revisão que identificamos um problema para que possamos corrigi-lo”. O Vereador Ari Dallegrave/PMDB comentou sobre a iniciativa. “ As questões ambientais se revestem de uma relevância muito grande. O estudo e a cultura de preservação ambiental é novo, talvez de uns 10 anos pra cá. Mas, o custo de sustentabilidade retira muita gente. O debate merece a atenção da sociedade”. Nosso grande desafio é delegar as gerações futuras. Que essa valorização seja de forma integral na sociedade”, destacou o Vereador Rodrigo Beltrão/PT. O Vereador Pedro Incerti/PDT destacou o investimento do Município nessa questão. “Caxias do Sul está investindo 120 milhões no tratamento do esgoto. Mas, sabe-se que o tratamento que é dado na estação de tratamento que está sendo construída, vai resolver o problema do lixo produzido pelas famílias. O lixo das empresas tem um tratamento diferenciado, não vai ter condições de ser tratado nas estações que estão sendo construídas. Que as empresas tenham apoio para resolver essa questão, que é muito mais grave do que o lixo produzido pelas famílias. Tudo que for luta pelo meio ambiente a natureza agradece”, concluiu. Alaor de Oliveira/PMDB falou sobre o projeto de sua autoria que trata da questão de educação e meio ambiental. “Existe um projeto que tramita na casa que é de educação ambiental nas redes municipais de ensino. É uma proposta de suma importância nos conteúdos programáticos das escolas, fazer com que os alunos aprendam sobre esse assunto”, explanou o vereador.

Conheça as escolas inscritas para o Vereador por um Dia Evento será realizado em outubro.

A Câmara Municipal, por meio da Comissão de Educação realiza mais uma edição do Vereador por Um Dia. O objetivo é proporcionar aos estudantes um maior contato com a estrutura e funcionamento do Poder Legislativo. O evento será realizado em outubro, quando 17 alunos eleitos por suas respectivas escolas realizarão uma Sessão Plenária. A Comissão de Educação realizará, no dia 14 de julho, às 14h, o sorteio das 17 escolas que participarão da Sessão no mês de outubro. Segue a lista das escolas inscritas: 1 Escola Municipal Santa Lúcia 2 E.M. Professora Marianinha Queiroz 3 E.M.E.F. Fioravante Webber 4 E.M.E.F. São Vitor 5 Colégio La Salle Carmo 6 E.M.E.F. Vereador Marcial Pizzoni 7 E.E.E.M. Irmão José Otão 8 Colégio São João Batista 9 E.E. Érico Veríssimo 10 E. E. Prof. Silvio Pallivieri 11 E.M. Senador Teotônio Vilela 12 Colégio Mutirão Objetivo 13 E.M.E.F. Guerino Zugno 14 E.M. Atiliano Pinguelo 15 Instituto Cenecista Santo Antônio 16 E. Cenecista São Vicente 17 Colégio Murialdo – Ana Rech 18 E.M. Érico Veríssimo – Vila Seca 19 E.M.E.F. Zélia Rodrigues Furtado 20 E.M.E.F. Américo Ribeiro Mendes 21 E.E.E.F. Ismael Chaves Barcellos 22 EJA da E.M. Basílio Tcacenco 23 E.M.E.F. João De Zorzi 24 Escola Adventista de E. F. de Cxs do Sul 25 Colégio São José 26 Colégio São Carlos 27 E.M. Armindo Mario Turra 28 Escola Estadual Silvio Dalzotto 29 Escola Municipal Santa Corona 30 CNEC Caxias do Sul 31 E.M.E.F. Arnaldo Ballvê 32 E.E.E.F. Abramo Eberle 33 EJA E.M. Basílio Tcacenco 34 E.M. Angelina Sassi Comandulli 35 E.M. Paulo Freire 36 E.E. Aristides Germani 37 Escola João Triches

Câmara sedia reunião sobre a implantação do HPS.

Está previsto um diagnóstico sobre o atendimento de saúde dos hospitais da região. Durante a manhã desta sexta-feira (26), a Vereadora Denise Pessoa/PT, representando a Comissão de saúde, se reuniu com representantes de entidades sindicais e políticos, para dar andamento à discussão sobre a implantação do HPS. Já tivemos avanços significativos com a aprovação da LDO pela Câmara de Caxias e também a Emenda estadual, como a Deputada Marisa Formolo nos trouxe, que já passou pela Comissão de Finanças do Estado e vai a Plenário, visando a ampliação e a qualificação da atenção às urgências e emergências em todo o estado. O Presidente do Sindicato dos Médicos, Marlonei dos Santos, afirma que existe um acúmulo muito grande de pacientes da região que vem ser atendido em Caxias do Sul. Quem pode modificar essa prática é a gestão de cada estabelecimento. Na reunião ficou estabelecido que será realizado um encontro com os Secretários da Saúde da região, outro com representantes dos hospitais para assim encontrar um diagnóstico sobre o atendimento de saúde dos hospitais da região. Marisa Formolo reforçou a importância de conquistar recursos financeiros para o próximo semestre. Vamos resolver todas as dúvidas e pendências, para depois escolher o local do HPS, sugeriu a Deputada. A próxima reunião sobre o Hospital de Pronto Socorro, ficou marcada para o dia 31 de julho na Câmara de Vereadores. Também estiveram presentes na reunião Jorge Rodrigues, representando o Conselho Municipal de Saúde; José Adamole, representando o Corede Serra; Samuel Meoti, representando a UCS e o HG; Itaroty Fagherazzi, Secretário da Saúde de Farroupilha e Pablo Demoliner, representando Secretaria da Saúde de Caxias do Sul. A Comissão de Saúde é composta pelos Vereadores: Ari Dallegrave/PMDB, Assis Melo/PC do B, Denise Pessoa/PT, Pedro Incerti/PDT e Rodrigo Beltrão/PT.

Previsão em LDO não significa criação de cargos.

Matéria votada na Câmara fez uma alteração na Lei do ano passado e diminui cargos. Uma matéria votada na última quinta-feira, na Câmara de Vereadores causou polêmica e gerou informações distorcidas. A matéria em questão trata-se de uma alteração na LDO – Lei de Diretrizes Orçamentária, que foi votada e aprovada por unanimidade em 2008. A LDO é a Lei que traça as diretrizes para o Orçamento do poder público em geral, definindo as prioridades e metas da administração para os anos seguintes. Trata-se, de um planejamento que vai direcionar as ações e demonstra a responsabilidade da gestão pública em se estruturar e em organizar, assim como faz a iniciativa privada ou qualquer gestor sério. A alteração na LDO aprovada por maioria de votos na quinta-feira, reduz cargos e não cria cargos. A redução está justamente no número de 06 CCs que haviam sido previstos, caso aumentasse o número de Vereadores. Como isso não ocorreu, houve a alteração . Também foram reduzidos de 08 para 02 o número de Assessores Técnicos. É importante ressaltar que para criar cargos é preciso criar projeto de lei específico para isso, somente com a previsão na LDO não é possível prover esses cargos. A previsão orçamentária também não significa gastos, o que somente irá acontecer quando os cargos forem criados e providos. A previsão que ficou estabelecida na LDO com a alteração e que somente será possível ser cumprida pela próxima presidência, se ela entender necessário, é a seguinte: Art. 1º O inciso I do art. 41 da Lei n.º 6.860, de 25 de setembro de 2008, passa a vigorar com a seguinte redação. “Art. 41... I – No órgão 01 – Legislativo: - 01 Documentalista – padrão 14; - Concurso Público - 01 Jornalista – padrão 14; - Concurso Público - 01 Relações Públicas – padrão 14;- Concurso Público - 01 Oficial Técnico Legislativo – padrão 13; - Concurso Público - 01 Assistente de Informática – padrão 13; - Concurso Público - 01 Chefe de Gabinete da Presidência – CC 08; - 02 Assessor Técnico – CC 08; - 01 Função Gratificada – Coordenador de Assuntos Administrativos e Jurídicos – FG 09; para servidor efetivo - 01 Função Gratificada – Chefia do Setor de Transportes – FG 08; para servidor efetivo - 01 Função Gratificada – Assessoria de Comissões – FG 08; para servidor efetivo - Função Gratificada – Chefe do Centro de Memória – FG 08. para servidor efetivo” (NR)

Programa Gaúcho de Qualidade passa a vigorar na Câmara Municipal.

Poder Legislativo quer melhorar a qualidade dos serviços prestados a comunidade caxiense. Durante a tarde desta quinta-feira (25.06.2009), Vereadores, assessores e funcionários da Câmara Municipal estiveram reunidos para a assinatura do termo do Poder Legislativo ao PGQP – Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade. O Presidente da Câmara Vereador Edio Elói Frizzo/PSB mencionou que o desejo de adequar a Casa ao programa de Qualidade surgiu ainda no ano passado. “É de extrema importância a nossa participação em um programa desta ordem. O que estamos iniciando aqui é um grande desafio”, defendeu. O Diretor Geral da Casa, Idair Moschen acredita que a implantação do PGQP irá qualificar os serviços prestados para a população caxiense e fazer a diferença na vida de muitas pessoas. “A adesão ao programa demonstra o quanto a Câmara está preocupada em aprimorar os serviços que presta à comunidade”, apontou a Presidente do Comitê Regional da Serra Gaúcha do PGQP Analice Carrer. A vice-presidente da CIC, Fúlvia Gazola, explanou a experiência que a entidade teve depois de aderir ao programa e defendeu a importância da iniciativa. O Gerente Técnico do PGQP Edgar Bertschinger apresentou a organização que atua, através de Comitês, de forma voluntária, há mais de 16 anos no mercado. “O setor público como um todo é prestador de serviços e nós temos que ter as ferramentas para buscar a eficiência na gestão da prestação desses serviços”, concluiu o Secretário da Agricultura Nestor Pistorello.

Câmara Municipal homenageia o Clube Juventude.

Vereadores comemoram os 10 anos da conquista do título de campeão da Copa do Brasil pelo time caxiense. Durante a Sessão Ordinária desta quinta-feira (25.06.2009), os Vereadores homenagearam o Esporte Clube Juventude pelos 10 anos da conquista do título de campeão da Copa do Brasil. O Vereador Mauro Pereira/PMDB, autor da proposição, ressalta a importância do evento, que homenageia o maior título de um time do interior do Estado. “Nós não poderíamos deixar de comemorar esta data. O Clube vem projetando Caxias de forma extremamente positiva para todo o País. O futebol no interior do Estado começou a ser valorizado a partir daquela época. Por muitas ocasiões, nossa cidade se viu revestida de verde e branco. São quase 100 anos de alegrias e conquistas. Caxias tem orgulho de ter um time que mostrou jogar o melhor futebol do País”, elogiou Mauro. “É muito emocionante para mim estar aqui e poder reviver aqueles momentos”, comentou Milton Scola, presidente do Clube em 1999. “Eu represento uma grande equipe, determinada e que nunca mediu esforços para ir em busca de suas conquistas. A equipe era forte, experiente e que provou poder representar nossa cidade aqui ou em qualquer lugar. A vitória veio, foi importante para a comunidade e também para as equipes de menor porte – que passaram a acreditar que era possível sim vencer”, concluiu Scola. O técnico do time na época da conquista, Valmir Louruz, agradeceu a homenagem e comentou sua emoção em ter encerrado sua carreira no time caxiense. O presidente do Juventude, Sérgio Florian, acredita que a a conquista foi fruto da parceria e do trabalho entre equipe, funcionários e torcedores. “A Copa não projetou apenas o Juventude mas também a nossa cidade. Lembro da emoção de ver o Maracanã lotado e um pequeno grupo de caxienses na arquibancada. Eram poucos perto dos 90 mil da torcida adversária. Dizem que o futebol une a razão e a emoção. Mas para o torcedor, o único sentimento que fica é a emoção”, explanou a Primeira Dama Maria Helena Sartori.

Câmara aprova criação de cargo para o Memorial Proposição foi discutida e votada nesta quinta-feira.

O projeto, aprovado por maioria, cria o cargo de Documentalista, de caráter efetivo, que irá desempenhar funções junto ao Centro de Memória do Legislativo. O projeto também institui uma função gratificada (FG) de Chefe para esse setor. O Centro de Memória da Câmara Municipal foi criado em 2008, com o objetivo de reunir, preservar, classificar e dar acesso ao acervo que registra a história da Câmara Municipal de Caxias do Sul. Os Vereadores Ana Corso, Marcos Daneluz, Rodrigo Beltrão, da Bancada do PT e o Vereador Daniel Guerra/PSDB votaram contra a proposta. Ana Corso tentou adiar a discussão por dois dias, mas o pedido de adiamento foi rejeitado por maioria. Ela argumentou que não é contra a criação do cargo de Documentalista e sim da função gratificada de Chefe do Centro de Memória da Câmara Municipal. A Vereadora Geni Peteffi/PMDB, argumentou que devido a lei de responsabilidade fiscal a criação de novos cargos somente poderia ser feita antes do dia 30 de junho e por isso a discussão e votação da matéria não poderia ser adiada.

Abertas as inscrições para o Vereador Por Um Dia Escolas poderão se inscrever até 26 de junho.

A Comissão de Educação da Câmara Municipal promove mais uma edição do Vereador por Um Dia, com o objetivo de proporcionar aos estudantes um maior contato com a estrutura e funcionamento do Poder Legislativo. O evento será realizado em outubro, quando 17 alunos eleitos por suas respectivas escolas realizarão uma Sessão Plenária. Escolas municipais, estaduais e particulares com interesse em participar da atividade deverão se inscrever até o dia 26 de junho, com: Rejane Lizot - e-mail: rp@camaracaxias.rs.gov.b fone: 3218-1695 Renata Carraro - e-mail:rcarraro@camaracaxias.rs.gov.br fone: 3218-1645 Com o encerramento das inscrições, a Comissão de Educação realizará, no dia 14 de julho, às 14h, o sorteio das dezessete escolas que participarão da Sessão no mês de outubro, caso tenha maior número de inscritos do que de vagas. A escola somente será incluída no sorteio desde que seu representante esteja presente. As entidades que forem sorteadas deverão, durante os meses de agosto e setembro, escolher seus representantes, com a promoção de debates entre os candidatos sobre temas que preocupam e interessam a comunidade escolar. A Comissão é composta pelos Vereadores Daniel Guerra/PSDB, Denise PessôaPT, Harty Moisés Paese/PDT, Renato Oliveira/PCdoB e Rodrigo Beltrão/PT.

Câmara Municipal adere ao PGQP Termo de Adesão será assinado quinta-feira .

O Termo de Adesão do Poder Legislativo ao PGQP – Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade será assinado nesta quinta-feira (25.06.2009). Na ocasião também será instituído o Comitê de Melhoria Contínua da Qualidade da Câmara cuja função é promover a aplicação dos conceitos de qualidade total do PGQP, visando a melhoria contínua dos serviços prestados pela entidade. O Comitê será composto pelo Diretor Geral da Casa e cinco servidores de provimento efetivo representando os diversos setores. O encontro acontece a partir das 16h no Plenário da Câmara. Participarão representantes do Programa e da Câmara de Porto Alegre, que já aderiu ao PGQP, para relatar sua experiência.

Correio Riograndense comemora 100 anos. Vereadores realizam Sessão Solene em homenagem ao centenário do jornal.

A Câmara Municipal realizou nesta quarta-feira (24.06.2009) Sessão Solene em comemoração aos 100 anos do Correio Riograndense. A proposta é dos Vereadores Edson da Rosa atual Secretário da Educação , Francisco Spiandorello, atual Secretário de Urbanismo e Vereadora Geni Peteffi/PMDB. No dia 13 de fevereiro de 1909, circulou em Caxias a primeira edição do jornal. No ano seguinte, o jornal transferiu-separa Garibaldi, onde ficou até 1952 quando retornou a Caxias do Sul. São 100 anos de circulação ininterrupta. Ao longo dos anos adotou nomes diferentes: La Libertá, Il Colono Italiano, La Sffetta Riograndense e, finalmente, Correio Riograndense. La Sateffeta Riograndense exerceu um grande papel no desenvolvimento e na cultura da região colonial italiana. Depois, com as migrações, acompanhou as famílias para as chamadas “colônias novas” em Santa Catarina e Paraná. Muitas culturas e práticas só se impuseram com o aval do Correio Riograndense. Também incentivou o cooperativismo e o sindicalismo, de maneira especial, para os homens do campo. Foi, de alguma maneira, porta-voz da Frente Agrária Gaúcha. Nas páginas do Correio Riograndense surgiu a saga do Nanetto Pipetta, obra prima da colonização italiana. O Vereador Alaor de Oliveira/PMDB, discursou dizendo que podemos nos redesenhar a cada dia que passa. É importante fazer o leitor pensar além ocasionar o debate. O Correio Rio Grandense é um trabalho reprodutivo documentado em milhares de páginas nesses anos. O provincial dos Freis Capuchinhos do RS, Álvaro Morés, declarou o sentimento de felicidade pela homenagem. Contou um pouco do histórico do jornal e do compromisso de construir e manter a fidelidade dos leitores. Em seu discurso, Frei Aldo falou sobre o histórico das notícias que tiveram espaço no jornal. Agradeceu a homenagem e também às empresas que apoiaram todos os anos do Correio Rio Grandense. O Presidente da Câmara Edio Elói Frizzo, disse que a casa fica ansiosa nas quarta-feiras aguardando a chegada do jornal. Agradeceu aos Freis Capuchinhos e cumprimentou pelo belo trabalho. “Um jornal que chegou aos cem anos de vida viveu muitas experiências e diferentes circunstâncias. Ele sobreviveu porque conseguiu dialogar, criar esperança e sugerir caminhos novos as pessoas da sociedade em seu tempo. E de tal forma que, olhando os primeiros volumes, nós temos um conceito que este é um jornal fonte de pesquisa para identificarmos os traços culturais que os homens e mulheres que viveram nesta região passaram”, ressaltou a Dep. Estadual Marisa Formolo. Edson Nespolo, Chefe do Gabinete da Prefeitura, representando o executivo, disse que a Câmara encerrou a Semana de Caxias com uma homenagem brilhante. Falou da importância do jornal na vida pessoal, pois morava em Concórdia SC e toda a quarta-feira aguardava o Correio Rio Grandense para obter notícias do local. Disse que o jornal foi cartilha, pois em todos esses anos muitas pessoas foram alfabetizadas e também foi Bíblia pois ajudou a evangelizar. No encerramento foi apresentada uma esquete com o bonequeiro Paulo Nazareno interpretando Nanetto Pipetta, o ator João Tonuz como Frei Aquilis e o acordeonista Daian. E a casa recebeu a benção do Provincial Álvaro Morés.

Passeio Ciclístico reuniu mais de 250 pessoas Encontro ocorreu na tarde deste sábado.

Durante a tarde desta sábado (20.06.2009), mais de 250 pessoas participaram do 2º Passeio Ciclístico de nossa cidade. O encontro fez parte do encerramento das comemorações da Semana de Caxias e contou com a realização da Associação Caxiense de Ciclismo (Acaci), Patrocínio de Brisa Esportes, Tribus Bike, Sindilojas, Unimed Nordeste, Cavian Brindes, Editora São Miguel e Apoio Rádio Mais Nova FM, Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores. Os participantes já se encontravam reunidos no Largo da Prefeitura às 14h30min de onde partiram rumo a Estação Férrea, onde foram sorteados diversos brindes inclusive três bicicletas. O Presidente da Câmara Municipal, Vereador Edio Elói Frizzo/PSB parabenizou a participação dos caxienses em um ato de extrema cidadania em prol do lazer e da qualidade de vida para toda a população. Estiveram também presentes as Vereadoras Geni Peteffi/PMDB e Denise Pessôa/PT.

Câmara inicia estudo de ampliação do prédio do Legislativo.

Presidente reuniu vereadores, servidores e arquiteto responsável pela obra para tratar do assunto. O Presidente Edio Elói Frizzo/PSB abriu as discussões com Vereadores e Servidores visando a ampliação do prédio que sedia a Câmara Municipal de Caxias do Sul. A intenção, conforme o Presidente, é levantar as necessidades existentes para que o Arquiteto responsável pelo prédio, João Marchioro possa elaborar o projeto. Frizzo solicitou que as demandas sejam repassadas à Mesa Diretora para, posteriormente, serem avaliadas. Algumas necessidades levantadas na reunião referem-se às áreas da comunicação, prevendo a integração dos setores e ampliação do estúdio da TV Câmara, a criação de novos de Gabinetes de Vereadores e a criação de salas para a área administrativa. Também estuda-se a ampliação do Plenário. No momento não existe previsão da área a ser ampliada e tampouco qual espaço é mais adequado para a obra. A vereadora Ana Corso/PT solicitou que a reforma seja simples e não comprometa grande demanda de recursos o que foi ratificado pelo Presidente Frizzo. O prédio atual foi inaugurado em 1996 entretanto, o projeto arquitetônico iniciou em 1982.

Estudantes de Jornalismo protestam contra decisão do STF. Alunos e professores lotaram Plenário e pediram apoio aos Vereadores.

Durante a Sessão Ordinária desta quinta-feira (18.06.2009), estudantes e professores do curso de Jornalismo da Universidade de Caxias lotaram o Plenário e pediram apoio aos Vereadores em seu protesto contra a decisão do Supremo Tribunal Federal que instituiu a não obrigatoriedade do diploma de jornalista para o exercício da profissão. “Qual a ética para se preparar um peixe frito?”, criticou o Coordenador do curso, Professor Paulo Ribeiro.”Um dos Ministros chegou a comparar a prática do Jornalismo como uma atividade culinária, ou a prática do Corte e Costura. Com todo o respeito que merecem estas atividades, o Ministro não poderia estar julgando a sério. Hoje, não pode mais valer o velho argumento romântico de que o poeta, o bom escritor, também é um jornalista. Se o sujeito pensa que escreve bem, candidata-se para o desempenho de função. A formação acadêmica é fundamental sim! Além da técnica, do manejo com apuração, a escrita e a edição das notícias, há todo o aspecto ético específico da profissão. O exercício do jornalismo é uma prática delicada”, argumentou Ribeiro. O Presidente da Câmara Municipal Vereador Edio Elói Frizzo/PSB considerou a votação um retrocesso abominável. “O momento exige, sem dúvida, uma mobilização desta Casa”. “Qual é o efetivo interesse que existe nisso?”, questionou o Vereador Moisés Paese, argumentando que os Ministros confundiram manifestação esporádica de opinião com o profissional do jornalismo. A Vereadora Denise Pessôa/PT defendeu que a imprensa, considerada o Quarto Poder, é uma das profissões mais importantes existentes em nosso país e é um absurdo não se exigir curso superior para o seu exercício. “Esta decisão quer acabar com a profissão e isso é um absurdo. Esta profissão incomoda aqueles que querem varrer a verdade para baixo do tapete. Isto prova que não estamos mais vivendo em um país democrático”, defendeu o Vereador Renato Nunes/PRB. O Presidente da Comissão de Educação, Vereador Daniel Guerra/PSDB garantiu que o assunto estará na pauta da reunião da Comissão na próxima semana. Pronunciamento Completo Professor Paulo Ribeiro – Sessão do Dia 18.06.2009 O julgamento do Superior Tribunal Federal sobre o Recurso Extraordinário 511961, na quarta-feira, 17 de junho, que pedia o fim da obrigatoriedade do diploma de Jornalismo para o exercício da profissão, soa absurdo. Um dos Ministros chegou a comparar a prática do Jornalismo como uma atividade culinária, ou a prática do Corte e Costura. Com todo o respeito que nos merecem estas atividades, o Ministro não poderia estar julgando sério. Qual a ética para se preparar um peixe frito? Contudo, deixando de lado este aspecto folclórico da argumentação, o que mais chama a atenção é que a função pública do jornalismo não foi discutida. Sim, porque antes de tudo o jornalismo deve atender ao compromisso com a verdade e ir ao encontro do apelo social de sua comunidade, não se deixando reger tão-somente pelas normas do mercado. Neste momento triste e delicado, é preciso que repensemos as dificuldades do Jornalismo face aos tantos interesses envolvidos em sua prática. São interesses econômicos, políticos, corporativos, que devem ser bem mediados pela boa atuação de profissionais sérios, éticos e com responsabilidade. Além disso, hoje, não pode mais valer o velho argumento romântico de que o poeta, o bom escritor, também é um jornalista. Se o sujeito pensa que escreve bem, candidata-se para o desempenho da função. Hoje, mais do que nunca, a perícia e habilidade técnica, adquiridas ao longo da formação universitária é o que vale para o mercado. Nenhuma empresa compromissada com a verdadeira função do jornalismo colocará um diletante a exercê-lo. Será contraproducente, será até mesmo temerário entregar o baixamento de um jornal, a edição de um programa de rádio ou tevê aos aventureiros da Comunicação. A formação acadêmica é fundamental, sim. Além da técnica, do manejo com a apuração, a escrita e a edição das notícias, há todo o aspecto ético específico da profissão. O exercício do jornalismo é uma prática delicada. No tribunal, se confundir liberdade de expressão como um patrimônio de foro íntimo e não público. A liberdade de expressão é apenas um dos elos que fazem do jornalismo uma atividade que lida com um patrimônio que, antes de ser comercial, é um patrimônio da sociedade. O direito à informação. E informação não subjugada, não manipulada. Como bem lembra o professor Ismar Capistrano C. Filho (ele é da Universidade Federal do Ceará, o que demonstra o inconformismo dos profissionais da área de todo o país), a decisão do tribunal precisaria ter atendido para o seguinte aspecto: a produção jornalística está submetida à lógica empresarial das indústrias culturais. Assim, duas éticas se confrontam nas redações: de um lado, o interesse público, defendido pelos jornalistas, e, de outro, o particular dos empresários, comprometidos com a gestão, a sustentabilidade, a audiência e o lucro do negócio. Neste contexto, a ética dos jornalistas possui um trunfo: a credibilidade de reconstruir as diversidades que compõem o real. E isto é, sem dúvida, o maior patrimônio de qualquer instituição jornalística. Publicar notícias que distorcem voluntariamente a realidade em beneficio do jogo de interesses pode comprometer o principal capital cultural dessas empresas, mesmo sendo, em muitos casos, sua principal rentabilidade. Assim, o jornalista deve se posicionar constantemente de maneira critica nas redações, questionando, resistindo e negociando a reconstrução da realidade apresentada por esses veículos. Sua ética se faz do constante confronto com estas múltiplas realidades. Jornalista conformado e acomodado em veículos comerciais — nos diz Capistrano - é indício de subserviência à ética empresarial. Desta maneira, não há dúvida, o profissional de Jornalismo precisa de uma profunda formação humanística. Ele precisa ter a compreensão do que seja público, o convívio social, a diversidade cultural e as relações democráticas. E a Universidade é o ambiente ideal para que se adquira tal formação e compromisso ético. Muito Obrigado.

Frizzo fala sobre situação do Congresso Nacional

Presidente da Câmara Municipal defendeu reforma política. Durante a Sessão Ordinária desta terça-feira (16.06.09), o Vereador Edio Elói Frizzo/PSB falou sobre os últimos escândalos acontecidos no Senado. “Eu lá pelo ano de 1986, exercendo meu primeiro mandato como Vereador, naquela época pelo PC do B, fui com a cara e a coragem até o Congresso Nacional defender as propostas do meu partido, e uma delas era a extinção do Senado. Fui aplaudido por uma parte do plenário, mas uma grande parcela me vaiou”, relatou o Vereador. Frizzo mencionou o episódio dos atos secretos de nomeação e exoneração de funcionários do Senado. “E os nossos três Senadores que estão lá? Será que eles desconheciam que o Senado tem 181 diretores? Só um idiota para não perceber essas coisas que estavam acontecendo.” Marcos Daneluz/PT demonstrou preocupação com o caso dos atos secretos, ele mencionou que essa atitude era muito comum no tempo da ditadura. Frizzo concluiu sugerindo que uma reforma política seja feita urgentemente. “O povo Brasileiro já deve estar se perguntando para que serve o Senado.”

11.6.09

Aprovado pedido de informações de Denise Pessôa. Requerimento solicita informações sobre o loteamento Altos da Maestra.

Durante a Sessão Ordinária desta quarta-feira (03.06.2009), foi aprovado o pedido de informações de autoria da Vereadora Denise Pessôa/PT, que solicita ao Poder executivo Municipal informações referente ao Loteamento Altos da Maestra. Dentre as informações solicitadas, o documento pede que seja encaminhada cópia dos projetos arquitetônicos, elétricos, hidráulicos e urbanístico do referido loteamento, cópia dos processos licitatórios e contratos referentes a todas as etapas da elaboração dos projetos e execução do loteamento e quais foram as empresas contratadas para elaborar os projetos e executar a construção dos edifícios e demais benfeitorias do Loteamento.

Ari Dallegrave ressalta a importância das questões ambientais. O Vereador sugeriu que seja feita uma reflexão sobre os problemas do meio ambiente.

Durante a Sessão Ordinária desta quarta-feira (03.06.2009), o Vereador Ari Dallegrave/PMDB falou sobre as questões ambientais. O Vereador citou um programa de televisão que divulgou matérias falando da situação ambiental no país, segundo o Vereador uma das matérias citava a desertificação dos pampas do Rio Grande do Sul. “Já que estamos na semana do meio ambiente, vejo que é importante se fazer uma reflexão profunda sobre essas questões, temos que trabalhar pela conscientização das pessoas, hoje temos enchentes no nordeste e e seca no sul.” Ari também falou sobre as medidas tomadas pela Prefeitura Municipal de Caxias do Sul para o meio ambiente. O Vereador mencionou o sistema de recolhimento de lixo, a construção do aterro sanitário e o tratamento de esgoto existente no município. Edio Elói Frizzo/PSB ressaltou a importância de Caxias ser o único município do Brasil que controla toda a cadeia de lixo e saneamento básico.

Arlindo Bandeira pede providências a RGE. Vereador apresenta reivindicações de moradores do interior.

Durante a Sessão Ordinária desta quarta-feira (03/06/2009), o Vereador Arlindo Bandeira/PP cobrou um posicionamento da empresa RGE com relação as reivindicações apresentadas pelos moradores do interior, com relação a falta de iluminação pública ou sua instalação precária. “Inúmeros são os casos em que os agricultores, o povo do interior precisa a ligação da alta tensão com a baixa, para que a Prefeitura possa implementar a iluminação pública, mas há um descaso por parte da RGE, que considera inviável essas instalações ou pior que isso, sequer responde as solicitações”, explica o Parlamentar. Bandeira comentou ainda que entrou duas vezes em contato com a empresa, ainda no mês de abril, mas não obteve nenhuma resposta. Segundo ele, na última segunda-feira, moradores do Distrito da Vila Oliva cobraram providências quanto a implementação da rede trifásica naquele distrito, o que possibilitaria a utilização de máquinas e motores facilitando o trabalho desenvolvido pelos agricultores daquela localidade. “Todos os agricultores, pessoas do interior pagam em dia sua tarifa de luz, mesmo assim não há um investimento no sentido de melhorar as condições de fornecimento de energia nesses locais, pior que isso: a RGE sequer reponde ou se pronuncia sobre os pedidos feitos pelo povo do interior”, completou. O Parlamentar aguarda um retorno da empresa e pede providências para solucionar as reivindicações da população do interior.

Torino Futebol Clube comemora 60 anos, com homenagem na Câmara.

Sessão é marcada por grande presença de público e discursos emocionados. A Câmara de Vereadores realizou, na noite desta quarta-feira, uma Sessão Solene, em homenagem aos 60 anos do Torino Futebol Clube. A Mesa foi composta pelo presidente da Câmara, vereador Elói Frizzo/PSB, vereador Alaor de Oliveira/PMDB, presidente do Torino, Gilson Omar Fochesato, diretor geral da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, José Luiz Plein e por Pedro José Pretto, um dos fundadores do clube de futebol. O Torino foi fundado no dia 14 de abril de 1949, como equipe de futebol de campo, tendo permanecido nessa modalidade até 1963. Foi nove vezes campeão da cidade, seis vezes campeão regional e vice-campeão estadual. Conquistou ainda inúmeros títulos de torneios municipais, regionais e estaduais. A homenagem pelos 60 anos foi proposta pelo vereador Pedro Incerti/PDT. Em seu pronunciamento, o vereador destacou a importância do Torino. Segundo ele, o fato de o clube estar comemorando 60 anos mostra a força do grupo que levou adiante a proposta de união em torno da prática esportiva. A missão do Torino no esporte amador não significa necessariamente desenvolver uma etapa para a vida profissional, mais do que isto, é desenvolver uma etapa para a vida, afirmou. O presidente do Torino Futebol Clube, Gilson Omar Fochesato, afirmou que, em sessenta anos, muitas pessoas estiveram envolvidas com o clube, entre eles, profissionais da educação física, medicina e dirigentes de clubes profissionais. Ele lembrou o primeiro jogo do clube fora da cidade, em Farroupilha, e o seu caráter inovador. O pioneirismo do Torino foi além das conquistas. Ele foi o primeiro clube a colocar números nas camisas dos jogadores. É um clube que foi feito com ousadia, ilusão e muita coragem, por isso, resistiu ao tempo e às dificuldades. O diretor geral da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, José Luiz Plein, falou em nome do Poder Executivo. Em seu discurso, afirmou que todo ser humano precisa trabalhar de forma coletiva, com espírito de comunidade, o que é possível notar no trabalho do time de futebol homenageado. O Torino representa uma unidade que não é mais percebida hoje em dia. Durante o evento, o presidente Elói Frizzo fez, em nome da Câmara de Vereadores, a entrega de uma placa em homenagem ao aniversário do Clube. Ao final da Sessão, lembrou de quando assistia à jogos amadores do Torino e da alegria proporcionada pelos jogadores a todos os meninos que passaram horas de sua infância acompanhando o clube.

Passeio Ciclístico tem nova data Evento será no dia 20 de junho e fará parte do encerramento das comemorações da Semana de Caxias.

O 2º Passeio Ciclístico já tem nova data definida: será no dia 20 de junho de 2009, às 14h30min com saída do Largo da Prefeitura. O evento também reunirá caminhantes e maratonistas, com chegada no Largo da Estação Férrea, onde acontecerão shows e sorteios. Serão sorteadas 3 bicicletas e material esportivo, além da distribuição de bonés e camisetas para os primeiros 250 inscritos. Ao todo serão entregues 13 troféus para o caminhante, maratonista e ciclista mais jovem e mais idoso nas categorias feminino e masculino, além de troféu para a bicicleta mais bem decorada. O evento conta com a realização da Associação Caxiense de Ciclismo (Acaci), Patrocínio de Brisa Esportes, Tribus Bike, Sindilojas, Unimed Nordeste, Cavian Brindes, Editora São Miguel e Apoio Rádio Mais Nova FM, Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores. As inscrições são gratuitas e ainda podem ser realizadas na Câmara de Vereadores ou no dia do evento.